Nossa história

Escrito por Davi Pereira, 31/10/2017


Irmãs Missionárias Capuchinhas

 

Síntese Histórica do Instituto Frei João Pedro de Sexto

As Irmãs Missionárias Capuchinhas receberam do Senhor a missão de evangelizar educando.

Inicialmente, com um trabalho exclusivamente voltado para as pessoas carentes, nasceu em 1950 o Patronato Coração Imaculado de Maria, graças ao dinamismo, coragem e doação das Irmãs que abraçaram essa causa. O patronato, pequenino no inicio de sua fundação, foi desabrochando como uma semente plantada em terra boa.

Em 1957, foi firmado Convênio com as secretarias de Educação do Estado e Município, assumindo a direção Irmã Benedita Maria.

Em 1972, é extinto o referido Convênio e, por determinação do Governo Geral da Congregação, foi unificado ao Patronato Coração de Maria a escolinha que funcionava nas dependências da Sede do Governo Geral da Congregação, situado na rua Ouro Preto, s/n, recebendo o nome de Instituto Frei João Pedro de Sexto, conforme Ata publicada no Diário Oficial de 23 de maio de 1972. Esse nome foi dado em homenagem a Frei João Pedro de Sexto, fundador da Congregação.

No ano seguinte, foi implantado o Sistema Telensino e Supletivo, mantido pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, e assim funcionou até 1998, quando foi extinto o Convênio.

A partir de 1999, a Escola estruturou-se experimentando a dureza do sacrifício e dificuldades financeiras, porém continuou firme como escola franciscana confessional, sem perder de vista a sua finalidade primeira, pois as Irmãs e professores que a dirigiram, imbuídos de confiança em Deus, levaram muito a sério a missão e o compromisso para uma educação e ensino eficientes, merecedores de credibilidade, respeito e confiança de todos.

No ano 2010, teve a alegria de celebrar o Jubileu de Diamante, uma história de glórias, lutas, sucessos, dificuldades e alegrias. Na busca de oferecer um trabalho sério e comprometido, a Escola deu grandes passos quanto à ampliação e modernização de seus espaços físicos e pedagógicos.

Avaliando a caminhada a partir do Projeto Político-Pedagógico queremos levar em frente a nossa missão: Educar para a cidadania, justiça e fraternidade, à luz dos valores evangélico-franciscanos, possibilitando aos nossos educandos tornarem-se agentes e construtores de uma nova sociedade. Queremos continuar sendo uma referência na sociedade, quanto à qualidade, seriedade, sendo espaços de missão, de evangelização, promoção humana e sinal anunciador da Paz e do Bem.

HINO OFICIAL DA CONGREGAÇÃO

DAS IRMÃS MISSIONÁRIAS

CAPUCHINHAS

Letra: Ir. Electa Maria, IMC

Música: Ir. Fabiana Maria, IMC

Tu nasceste do sangue tão puro

Desses nossos irmãos fervorosos

Que o martírio tornou gloriosos.

Recebeste a missão de ajudar

Na divina seara das almas

De plasmar juvenis corações,

Com exemplos e santas lições,

Para a Igreja, a Pátria e o lar.

Salve! Salve! Feliz tu surgiste

Sob o céu amor de Jesus

Em Cruzeiro de estrelas traduz.

Não vaciles na luta, sê forte,

Teu destino avante prossegue.

A estrela polar que te guia

É o olhar maternal de Maria.

Oh! Não temais perder o teu

Norte!

Frei João Pedro, exemplar

Sarcedote,

Inspirado por Deus na oração,

Para auxílio de sua missão

Quis formar no Brasil um aprisco.

Com a bênção da Igreja infalível,

Triunfou o seu nobre ideal,

Aumentando, de um modo real,

O rebanho do Pai São Francisco

Tu estás sob o pálio de Roma.

Pois do Cristo visível na terra

Tu ouviste a palavra que encerra

O supremo poder que decide.

Ó seráfico Pai São Francisco,

Desse Reino de eterno esplendor,

Alcançai-nos, excelso pastor,

Que produza bons frutos a vide.

 

HINO DO INSTITUTO

FREI JOÃO PEDRO DE SEXTO

Letra: Irmã Electa Maria

Música: Irmã Fabiana Maria

A Instrução é o farol que nos guia

Clareando o caminho da vida

Estudando podemos vencer

Elevar nossa pátria querida

(Refrão)

Frei João Pedro de Sexto São João,

Vosso olhar mui bondoso volvei

Sobre o nosso querido Instituto

Sois o Mestre, o pastor desta grei.

Aprendemos em nosso Instituto

A cumprir fielmente o dever

E, por nossa vivência cristã

Nas virtudes podemos crescer.

Somos filhos da Igreja tão santa

Que saibamos ser bons filhos seus

Alcançai-nos à Virgem Maria,

Oh! Rainha do Céu, Mãe de Deus.